Inicio » , , , » #Curso Discernimento de Espíritos

#Curso Discernimento de Espíritos

Written By Comun Divinus Prov on terça-feira, 17 de março de 2015 | 15:29

A partir de passagens bíblicas e de exemplos pessoais, Pe. Eduardo conduz o aluno a reconhecer as bênçãos recebidas como ações de Deus e as tentações, como ações do demônio. Este curso propõe que as pessoas desenvolvam o dom do discernimento e a capacidade de diferenciar o bem e o mal, além de compreender que a tranquilidade é indício de estar seguindo o caminho correto.

- Carga Horária: 26h

- Orientador
Pe. Eduardo Dougherty

Curso produzido e publicado pela EAD Século 21 - Todos os direitos seus reservados.

Tenha uma boa aula!

1- Dom do discernimento - "O espírito do Senhor está sobre mim"

O dom do discernimento é reconhecer a ação de Jesus Cristo e o sopro do Espírito Santo. Esse dom atua na necessidade de discernir os espíritos. É ele que protege as pessoas e repele o egoísmo, o vício e as tentações. Ter discernimento é reconhecer o que é santo, o que é da pessoa e o que a maligno; é saber o que está acontecendo. Esse dom significa estar em sintonia com Deus e experimentar a ação do Espírito Santo que ilumina e inspira a pessoa. Os profetas estavam sintonizados com Deus e conseguiram escrever as mensagens e preparar o caminho.


2- As graças principais

Quais foram as principais bençãos da sua vida? É preciso aprender com o que passou e permitir que Deus aja através da suas ações, percebendo quais são as ações de Deus. As pessoas são influenciadas ao crescer, seja para o bem ou para o mal, e o caminho que escolhem dependem dessa formação. A pessoa que abre o coração para Deus é capaz de dizer não para os pecados, vícios e tentações, e é também parte da faculdade de Jesus Cristo.


3 - Casualidade mista

A casualidade mista é, de forma geral, a ação de um espírito que age através do homem e está tanto nas ações do bem, quanto nas do mal (causado pelo homem e dirigido por um espírito). Um exemplo é Jesus Cristo, que se tornou humano através do Espírito Santo que entrou em Maria e a fecundou. Jesus Cristo é a realização do divino humano. Deus usa as aptidões do homem como instrumento, enquanto que o demônio aproveita os pontos fracos do homem para tentá-lo, mas o homem só é suscetível à tentação quando não ora.


4 - Como vai você?

Para discernir o que está acontecendo é preciso fazer um exame de consciência e perceber como se está fisicamente, emocionalmente, piscologicamente e espiritualmente. Quando a pessoa consegue analisar como realmente está, ela percebe que precisa fazer a comunhão com Deus. Para isso, convoca-se tudo o que é positivo e as forças de Deus que leva a pessoa adiante. Exemplo: quando respondemos que está tudo bem e na verdade não está. É preciso humildade para perdoar a si mesmo e os outros e receber o perdão para os pecados, e assim chegar à plenitude espiritual.


5 - Quem é o demônio?

O demônio é muito mais inteligente que os homens porque tem natureza superior. Ele é um anjo caído, uma força do mal que tem como objetivo destruir as pessoas, um inimigo da natureza humana por não ter a chance de salvação. O demônio ataca com as tentações e é o causador de toda bagunça, confusão e imoralidade. Enquanto o Espírito Santo promove a fé e a paz, o demônio promove as dúvidas, desespero e depressão. Para não ceder às tentações, a pessoa deve seguir Jesus Cristo e expulsar o mal.


6 - Discernimento pela paz

Como discernir? O Espírito Santo move a pessoa na direção de Deus e quando a pessoa sente que está no caminho certo, fica tranquila. A pessoa também pode optar por caminhar no sentido oposto, mas o retorno é difícil. Somente a mão de Deus consegue tirar a pessoa das trevas e transportá-la para o reino de Jesus. O caminho de Deus é marcado pela paz, tranqualidade e realização e para fazer a comunhão com Deus, a pessoa deve ter um coração leve e livre.


7 - Somos filhos de Deus

O Pai se comunica com cada um de seus filhos e herdeiros e o dom do discernimento é, também, reconhecer o que Ele está falando a cada um. Os filhos de Deus devem sofrer com Ele para também serem glorificados. Fica a cargo do Espírito Santo dar o testemunho dessa filiação e quando os filhos estão convencidos dessa situação, passam a viver em Deus.


8 - Vida Cristocênctrica

Saber o que o Senhor quer de cada um e as ações do Espírito Santo em cada pessoa. O objetivo dessas ações é levar aos filhos o reino de Jesus Cristo. A vida cristocêntrica é colocar Jesus no centro e deixar de lado os prazeres, egoísmo e pecados. Essa vida só é possível através do Espírito Santo, que purifica, ilumina e toca a consciência do filho. O início da cura interior é possível com Jesus Cristo reinando em todas as áreas da vida.


9 - Deus é amor

Reconhecimento da luz que desce sobre as pessoas pelo Espírito Santo, este que precisa fazer uma obra de amor: o amor de Deus para com as pessoas. Deus, Jesus e o Espírito Santo são amor e quem permanece no amor, permance em Deus. Todos nós somos carentes de amor porque temos capacidade ilimitada para receber o amor Dele e é só o amor de Deus que supre essa carência.


10 - Discernimento e dons

O dom de Deus é o Espírito Santo e quem dá o dom para as pessoas é Jesus Cristo. Existe uma diversidade de dons, mas apenas um espírito, assim como é apenas um Deus que opera tudo e todos. A cada pessoa é dada uma manifestação do Espírito Santo para proveito comum. É o Espírito Santo que ilumina a inteligência e revela o segredo de Deus. Durante essa aula, o Pe. Eduardo Dougherty aprensenta diversos dons.


11 - Discernimento e escuta

O espírito do Senhor nos move e conseguimos ouvir as palavras de Deus. Para isso, é preciso reconhecer o sopro do Espírito Santo. Assim como Jesus e Deus são um só, cada pessoa e Jesus formam uma só pessoa também devido a ação do Espírito Santo.


12 - A imitação e Cristo

O Espírito Santo faz maravilhas em nós. Jesus descreve como é e como devemos imitá-lo. O Espírito Santo nos dá um coração humilde, o que permite a transformação a partir do espírito de Deus. Durante essa aula, o Pe. Eduardo Dougherty elenca os bem-aventurados.


13 - Discernimento e Maria

A pessoa mais carismática e com discernimento é Maria, que esteve sintonizada diretamente com o Espírito Santo. "A minha alma glorifica o Senhor e meu espírito exulta". José também foi tomado pelo Espírito Santo na hora do nascimento do Senhor. E essa passagem ilustra que Deus cuida de seus servos pobres, já que um local foi achado para o nascimento, os camponeses enviaram presentes e houve proteção na fuga para o Egito.


A Comunidade Adonay agradece e reza por você.
Mais cursos aqui

0 comentários :

Postar um comentário

Anterior Proxima Página inicial